GRUPO DE APOIO PSICOPROFISSIONAL

Trabalho desenvolvido pelo GAP é compilado em livro sobre o desemprego


Há pelo menos uma década, o desalento (desânimo, desesperança) é apontado como uma das causas do desemprego no Brasil, alertando para a necessidade de adoção de uma visão humanista do cidadão desempregado, com intervenções direcionadas à proteção de sua dignidade e efetiva inclusão social.

Nesse sentido foi criado o Programa de Apoio Psicoprofissional – fundamentado nos princípios da psicologia social – com o objetivo de facilitar o enfrentamento da crise do desemprego a partir de uma visão focada na reestruturação psicológica e na transformação do momento de crise em oportunidade de crescimento pessoal e profissional. O principal objetivo do GAP é promover a reestruturação psicológica do indivíduo, a partir da consciência de que, em momentos de crise, é necessário realizar mudanças, buscando informações, acionando a criatividade e entrando em ação. Somente assim, o desempregado terá maiores chances de se inserir no instável e competitivo mercado de trabalho atual.

Além disso, o GAP prioriza o autoconhecimento e o autocuidado, assim como o aprendizado de técnicas de controle emocional. Isso se dá por meio de informações relativas ao âmbito psicológico e profissional, úteis à superação da fase de desemprego, à participação em processos de seleção, ao desenvolvimento de carreira e ao reconhecimento de perfis empreendedores.

De 2002 a 2015, mais de 35 mil desempregados foram atendidos. A experiência acumulada está no livro: Desemprego, da crise à oportunidade de crescimento, editado recentemente pela Editora Paulinas. Este manual pretende levar aos leitores o conteúdo que se revelou mais eficaz para a obtenção de resultados positivos.

A organizadora do material é a advogada trabalhista e psicóloga, Rosy Rodrigues, e também coordenadora do Grupo de Apoio Psicoprofissional – GAP

 


Publicado em: 10 de abril de 2016